Como escrever bem em 5 passos

Você pode até não trabalhar com jornalismo, publicidade ou outras profissões que envolvam comunicação, mas com certeza precisa escrever e-mails para chefes e clientes ou conversar com eles pelas redes sociais. Logo, independente do seu cargo, escrever é importante e, escrever bem é imprescindível para se comunicar com eficiência.

Tendo experiência ou não com a escrita, não é fácil encarar uma página em branco de um editor de texto, por exemplo, e digitar de imediato o que você precisa. É preciso tempo, entre outros fatores, para colocar as ideias em uma ordem que o leitor consiga compreender com facilidade o que você deseja comunicar. Mas, a vida moderna exige rapidez e é por isso que muitos textos corporativos são infestados por problemas estruturais e erros gramaticais; fora as redundâncias, jargões, ambiguidades e clichês, o que prejudica muito a leitura, causando dúvidas desnecessárias e interpretações errôneas. Interpretações essas que podem gerar conflitos entre colegas de trabalho e, até mesmo, erros operacionais.

Por sorte, algumas dicas simples podem auxiliar na melhora da redação. Confira 5 delas:

Tenha sempre um livro por perto

Sim, quando falam que para escrever é preciso ler, não estão brincando. Essa é uma grande verdade! Adote um exemplar que seja de seu gênero preferido: ficção científica, romance, suspense… Vale tudo! Mas é necessário que você leia – ao menos – algumas páginas por dia. Faça disso um hábito! Por que você pode (e deve) ler ficção? A Revista Exame aponta que esse tipo de literatura aumentará a sua criatividade e lhe proporcionará um repertório gramatical maior.

Revise sempre

Provavelmente você envia e recebe muitos e-mails em um dia de trabalho. Já reparou na quantidade de informações que não são revisadas por causa da falta de tempo e da pressão para responder o quanto antes? Separe alguns segundos, passe o olho pelo texto e perceba se há algum erro de digitação e se a sua ideia ficou clara. Releia o que escreveu e coloque-se no lugar de quem está recebendo. Tem alguma dúvida? Peça para algum colega ou familiar revisar. 

Fuja do corretor ortográfico

Deixe de ser um refém do corretor ortográfico! Ele pode até corrigir uma palavra que esteja escrita de uma forma errada, mas você não saberá porque ele a apontou como um erro, e isso gera ainda mais insegurança. Substitua essa ferramenta por bons livros de gramática e um dicionário atualizado com o novo acordo ortográfico. 

Estude o que você não sabe

Não ignore suas dúvidas. Não sabe se determinada frase tem crase? Pesquise mais sobre o assunto! Trocar por outra palavra ou expressão não lhe ajudará a sanar essa dificuldade. Por isso é importante ter por perto um dicionário e uma boa gramática. 

 

Escreva o quanto puder

Sempre que tiver uma oportunidade para escrever, faça isso! E-mails, bilhetes, recados, cartas, poemas, contos… Só assim você vai colocar em prática seu conhecimento e irá aperfeiçoando sua escrita. É importante treinar! Começar um blog é uma ótima chance de praticar. Além disso, você poderá acompanhar a melhoria de sua escrita ao comparar os primeiros e últimos posts publicados.

Please follow and like us:

Leia também