Metas e métricas – a definição do sucesso ou fracasso do seu webinar

Metas e metricas

Com certeza você já deve ter percebido que trabalhar com webinars é algo que pode ter muitos formatos e aplicações mas, principalmente, englobar objetivos distintos. Depois de alguns anos na estrada e mais de 60.000 webinars realizados, entendemos que, tanto empresas quanto pessoas físicas, buscam atingir metas relacionadas geralmente a Treinamento e Desenvolvimento de colaboradores, Impacto de mercado com ações de Marketing e Vendas.

Vamos mostrar na prática o que olhar, se atentar, mensurar em cada um desses objetivos de transmissão.

 

Webinar para treinamentos: o dobro de absorção de conteúdo com duas vezes menos gastos

Quando pensamos nas metas para ações de treinamento e desenvolvimento é inevitável não falarmos sobre absorção de conteúdo e o quanto este impactará em uma melhor performance do colaborador e do time.

Neste caso a base de pessoas que será utilizada na divulgação é própria. Afinal, treinamentos envolvem, majoritariamente, colaboradores da empresa ou todos os pontos de contato terceiros. Por isso, a divulgação do webinar, não será um problema para você.

As métricas que podemos definir em webinar com esse tipo de objetivo é:

  • Quantidade de participantes;
  • Tempo médio de permanência na transmissão;
  • Frequência desse funcionário nos webinars promovidos pela empresa;
  • Interações durante a transmissão;
  • Uma boa performance na pesquisa pós webinar.

O maior desafio hoje em dia para treinamentos empresariais é o alto custo e a incerteza da efetividade deste. A dificuldade em estimular a interação do colaborador com o conteúdo, para que o treinamento seja uma boa experiência e tenha eficácia, também é um desafio.

Métricas mais internas que a empresa pode adotar como meio de medir o sucesso da ação é: aumento de vendas no período versus mês anterior, maior rapidez na entrega de projetos, análise comportamental – maior autoconfiança, persuasão, entre outros quesitos.

Treinamentos realizados com webinar são mais efetivos, pois o custo de um webinar, versus a quantidade de pessoas treinadas é absurdamente insignificante.

Imaginemos que sua empresa tenha 1 mil colaboradores. Quanto custa atualmente por pessoa para fazer um treinamento?… Muito, não? Com webinar, você paga cerca de 600 reais e treina todos sem nenhum custo a mais por isso. Se quiser treinar os terceiros que estão em outras sedes alocadas, somando no fim 3 mil colaboradores, não tem problema. O preço permanecerá o mesmo.

Seus colaboradores consegue acessar o treinamento tanto via internet, tanto via aplicativo, dando liberdade de escolha e flexibilidade.

 

Potencializando suas vendas com webinar

Apresentar um produto, oferecer compra de cursos, não importa. O objetivo comum entre eles é vender. Por isso que o conteúdo e modo de apresentação precisam ser bem persuasivos.

Desperte a curiosidade da sua audiência ao ponto que este faça um cadastro no seu site, conclua a inscrição do seu curso, teste seu serviço por alguns dias grátis, compre um produto, ou pelo menos assine sua newsletter para receber novas informações.

Esse é o processo de trazer leads qualificados para sua empresa, ou seja, pessoas realmente interessadas no que você oferece.

As métricas que você pode definir são:

  • Quantas converteram no meu serviço/produto;
  • Quantas chegaram no comercial, ou seja, ficaram interessadas mas ainda não converteram;
  • Quantas só se cadastraram no site, entre outros.

Essas são métricas para definir o sucesso da sua ação.

Se sua divulgação for usando sua base própria de clientes, você consegue filtrar quais pessoas são oportunidades, ou seja, já testaram seu serviço por um período grátis mas não contrataram, por exemplo. Assim você consegue atuar mais fortemente com o comercial, oferecendo boas propostas para converter mais clientes.

 

Educar o mercado – quais as metas e métricas a definir?

Como já vimos qualquer projeto se inicia pelo objetivo. Se o objetivo for educação de mercado a meta será impacto. Afinal, educar o mercado significa impactar, alcançar o maior número de pessoas possíveis.

Para isso, inicie a divulgação do seu webinar pela seguinte pergunta: Possuo uma base de interessados para divulgar minha transmissão? Se sim, ótimo, se não, você já precisa pensar em outras formas para divulgar.

Essas outras formas são: redes sociais, parcerias com outros palestrantes, especialistas, entre outros.

Para determinar quais redes e quais parcerias são mais adequadas para esta ação é preciso entender qual a necessidade do seu público, ou seja, por qual motivo ele busca seu conteúdo e, consequentemente, qual rede ou profissional ele costuma usar para tirar essas dúvidas.

Se caso você tiver uma base de clientes, dispare e-mail com o convite para seu webinar.

Nesse momento é que você passa a definir algumas métricas de sucesso, por exemplo:

  • Percentual de abertura de e-mail;
  • Número de cliques;
  • Número de inscrições;
  • Número de participantes que você espera ter, entre outros.

Não se engane, é normal ocorrer perda entre o número de pessoas que abriram o e-mail, para os que clicaram, para os que se inscreverem e, assim por diante.

Isso pode acontecer por conta de alguns motivos: o e-mail foi para o Spam, texto e imagem não estavam chamativos o suficiente para despertar o interesse no clique, entre outros motivos.

É super importante que você no processo durante e depois da sua divulgação, pare, analise e crie hipóteses para os números que colher. Desta maneira, fica mais fácil acertar da próxima vez.

 

Quer entender como esse projeto de webinars funciona na prática e os retornos que podem trazer? Confira o case de sucesso com a IAB Brasil, clique aqui.

 

 

Como engajar colaboradores em treinamentos corporativos

 

Please follow and like us:
 

Leia também