O futuro do vídeo online no Brasil

Se você tem acompanhado meus artigos, sabe que nas últimas publicações tenho falado bastante de como o vídeo online pode ser uma excelente alternativa de investimento na estratégia de marketing. Desta vez quero apresentar alguns números e informações bem interessantes sobre como será o futuro desse formato no mercado brasileiro.

Como usuário, você já deve ter percebido que o vídeo mudou a nossa forma de consumir conteúdo e entretenimento. No entanto, basear suas ações e fazer investimentos em uma simples percepção não é muito legal, certo? Bom, então precisamos conhecer alguns dados que nos dêem segurança de que vídeos online não são apenas uma moda passageira.

Hoje, no Brasil, temos uma população de aproximadamente 210.4 milhões de pessoas das quais 139.1 milhões são usuários da internet, 86% dos internautas assistem a conteúdo em vídeo e 36%, quase metade, faz isso ao menos uma vez por dia. Paralelamente, o uso de smartphones aumentou de 33% para 62%, sendo que 55% usam o tempo nos celulares vendo vídeos. Segundo um estudo realizado pela Cisco, até 2020, 75% do tráfego mobile de todo o mundo ocorrerá por meio de conteúdo em vídeo.

Nós gastamos, em média, 8h56m diárias conectados, 3h43m nas redes sociais e o restante do tempo estamos assistindo alguma coisa. É incrível a quantidade de tempo que gastamos na frente de uma tela consumindo algum tipo de conteúdo em vídeo.

São infinitas as possibilidades que surgem para investimento nesse mercado. Seja no formato on demand ou live streaming, a compra programática de mídia em vídeo cresceu 45% entre 2015 e 2017 segundo o estudo Video Ad Spend Study, do IAB dos Estados Unidos.

As tendências em vídeo são promissoras e estão atreladas às novas tecnologias, como Virtual Reality, Vídeo 360° e Realidade Aumentada. Segundo o eMarketer, existe uma expectativa de crescimento de usuários de VR no mundo, chegando em 24,4 milhões de usuários em 2020.

Esses números impressionam e nos mostram que vídeos são uma realidade que as empresas não podem mais evitar em suas estratégias para os próximos anos.

Qual é a importância do vídeo na estratégia do negócio?

Please follow and like us:
 

Leia também