Quanto custa fazer um Webinar?

Quanto custa fazer um Webinar?

Você sabia que fazer webinar é uma forma barata para ampliar e atingir amplo público e ainda gerar novos leads, se comparado a outros tipos de investimentos em marketing ou mesmo treinamentos e eventos diversos. E aí, que tal planejar um webinar para sua empresa?

Confira os custos a serem considerados:

  1. Organização do evento: 
    Você precisará pensar em como deseja que seu webinar seja realizado. A maneira mais barata é usar apenas um palestrante e uma webcam, compartilhamento de tela, com slides e materiais de apoio. Dessa forma, você precisará cuidar apenas da produção desses slides, contratar uma boa plataforma e ter os equipamentos básicos (computador, webcam, microfone), sempre com uma boa conexão à internet à cabo.

    Porém, alguns seminários online podem ser maiores, ter plateia, mais de uma câmera e vários facilitadores. Neste caso, é indicado contratar uma produtora de vídeo, que normalmente cobra valores a partir de R$ 2.000, considerando uma estrutura simples.
      

  2. Divulgação:
    A divulgação de um webinar é essencial para que você tenha público. E há várias formas de fazer isso. As mais comuns e atuais são:

    – Criação de Landing Page: trata-se de uma página extra em seu site, cujo objetivo é falar sobre seu webinar. O intuito é atrair leads e informar sobre o evento.

    Se sua empresa tem uma equipe de designer, esse custo é nulo. Caso precise contratar uma agência para criar a Landing Page, pode acrescentar de R$ 100 a 500, dependendo da empresa e da complexidade.

    Caso não queira criar uma página para esse fim, lembre-se que ela pode ser substituída por um post em seu blog ou a própria landing page do webinar dentro da plataforma que você contratar.

    – E-mail Marketing: É preciso avisar seu mailing que seu webinar está próximo. Nesse caso, plataformas gratuitas como o Mailchimp funcionam bem para até 2 mil contatos. Acima disso, pode lhe custar a partir de R$ 85 reais por mês (US$ 35 dólares).

    – Divulgação em Mídias Sociais:
    Você pode captar público através das mídias sociais e posts em blogs (além de parcerias com blogueiros). Para divulgar em Facebook, devido ao baixo alcance orgânico, será preciso promover postagens, a verba depende de seu orçamento – é possível ter resultados a partir de R$ 50.

    – Google Adwords:
    Este é um gasto que você pode (ou não) ter. Se trabalhado com as corretas palavras-chave e estratégias, pode lhe gerar muitos leads. Calcule a partir de R$ 500.
      

  3. Plataforma de transmissão
    Transmitir apenas um webinar, sem fazer planos mensais, custará a partir de US$ 100 e pode chegar a mais de US$ 3 mil, dependendo da plataforma.

    Por isso, compensa fechar um plano mensal. Na Eventials, você realiza ilimitados webinars a partir de R$ 69 mensais. A plataforma permite, inclusive, vender seus webinars.

Vantagens de Webinars

Além do custo de um webinar ser bem mais baixo do que de um evento / treinamento físico, a economia também é de tempo. Além disso, em treinamentos físicos, costuma-se ter coffee break, aluguel de espaço, decoração, e ainda existe o risco de poucas pessoas comparecerem ou até mesmo a lotação da sala. Estes são gastos inexistentes quando optamos por realizar seminários online. Não perca mais tempo, ganhe escala realizando webinars na Eventials.

Leia também