Melhores práticas para seu webinar – Parte 3/3

Toda grande empresa como Apple, Google, Coca-cola, Adidas, Nike, entre outras, são mais do que meras marcas, são experiências ao consumidor! Essa experiência está presente em todos os detalhes, da idealização de seus logos e campanhas, qualidade e uso dos seus produtos e serviços, enfim, absolutamente tudo é considerado.

Mas o que essas grandes marcas têm a ver com melhores práticas para transmitir seu webinar?

É simples, você como um produtor/organizador de um webinar torna-se o responsável por gerar a experiência da sua marca, ou seja, todos os detalhes serão fundamentais para transformar uma mera transmissão, em uma verdadeira experiência, seja ela uma aula online, um treinamento de vendas, o lançamento de um novo produto, enfim, qualquer que seja o seu objetivo final.

Como são vários os detalhes que você deve se atentar, separamos nossa conversa em três etapas. Não fique chateado se perdeu as partes anteriores, deixamos aqui os links para que você possa ler quando quiser 🙂

Parte 1 – ambiente, câmera, vestimenta, enquadramento entrou outros detalhes.

Parte 2 – O que fazer antes de iniciar e ao final da sua transmissão? 1 ou 2 monitores? E muito mais. 

Se você acompanhou todo esse nosso bate papo, com certeza você já deve ter organizado boa parte da sua transmissão. Agora, vamos aos detalhes um pouco mais técnicos? Afinal, estes são cruciais e podem sim te prejudicar na hora “H” se você não estiver atento.

1 – Conexão de Internet

2 – O Browser

3 – Uso de plugins auxiliares

4 – Entendendo o Delay

Continue lendo

Please follow and like us: