Como o live streaming pode ajudar na geração de renda de eventos esportivos?

O maior clássico do futebol paranaense teve, pela primeira vez, uma partida da série A do campeonato estadual transmitida pela internet ao vivo e gratuitamente no dia 1º de março. Segundo dados do site Virando o Jogo, mais de 150 mil pessoas assistiram (simultaneamente) o Atlétiba, nome dado ao clássico entre o Atlético Paranaense e o Coritiba.

Sem um acordo para venda dos direitos de imagem do jogo para a RPC, afiliada da Rede Globo no Paraná, os clubes rebelaram-se e resolveram oferecer a transmissão por meio de suas redes sociais. A atitude teve muita repercussão. Milhares de fãs comemoraram a decisão e viram na ação uma postura que deveria ser adotada por todos os clubes.

Seria, então, o live streaming o futuro dos eventos esportivos que não despertam o interesse econômico das emissoras de TV?

Continue lendo

Please follow and like us:

Webinars ou Facebook Live: qual escolher?

Em setembro de 2015, Mark Zuckerberg surpreendeu a todos ao apresentar a nova ferramenta de sua rede social: o Facebook Live. Ao perceber que os usuários estavam assistindo a mais de 3 bilhões de vídeos por dia, o CEO investiu no formato e previu que em 2020 ele será o principal modo para se compartilhar conteúdo no Facebook.

Continue lendo

Please follow and like us: