Attention!

  • Jul 06
    • 07/06/2016 at 01:40 p.m.
    • (GMT-03:00) Sao Paulo
    • Duration forecast: 0h30
    • 45 views

R$ 90.00 in up to 3 installments of R$ 31.83
Description
Você irá conhecer o papel dos Design Studios na IBM através da IBM Studios Network. Você irá saber mais sobre como os designers, devs e pessoas de negócio estão praticando o IBM Design Thinking dentro da nossa estratégia de transformação: People + Places + Pratice = Delightful Experiences.
  Conteúdo
13:10 às 14:00
Thiago Simões de Almeida / Murilo Gimenes Rodrigues
 
- Como é a implantação de processos e ferramentas do mundo ágil em grandes corporações? - Os erros e acertos mais comuns da relação transformação digital x agile. - Como enfrentar os ataques e a resistência à mudança? - Quais são os principais fatores de sucesso e fracasso?
14:10 às 15:00
Guilherme Baptista
 
Testes automatizados, ambiente para homologação idêntico ao de produção, experimentos com beta testers... Não adianta, quando de fato o código for para produção e todos os usuários da sua aplicação começarem a utilizá-lo, um bug pode aparecer. E muitas vezes tal bug pode ser devastador. Dark Launching é uma técnica apresentada pelo Facebook para testar mudanças críticas em produção de forma invisível ao usuário, conseguindo assim medir as consequências reais do seu novo código.
 

Vinicius Vieira Gomes
 
Você, desenvolvedor(a), já sentiu seu tech lead se tornando um proxy de informações ou um gargalo de decisões? Você, tech lead, já se sentiu sobrecarregado com o excesso de atividades gerenciais e cobranças dos stakeholders? Nessa palestra apresentamos uma alternativa viável: esquecer o tech lead e eleger os Feature Leads! Trazemos um relato de experiência sobre a adoção dessa abordagem em um contexto desafiador: uma equipe de cerca de 70 pessoas divididas em 8 times distribuídos geograficamente.
 

André Suman Pereira
 
Nesta sessão falaremos sobre a comunicação em times de desenvolvimento e os desafios das empresas de software, que tem trabalhado com colaboradores em diversas partes do mundo, diversos idiomas e fuso-horários em um mesmo projeto. Teremos várias sugestões de abordagens para melhoria do clima e organização do time. Falaremos também das vantagens em trabalharmos com diversas culturas e como traduzir essa diversidade em satisfação para o trabalho.
15:40 às 16:30
José Barbosa
 
Você é agilista? Sua empresa é ágil? Você acredita em agilidade? Eu me fazia todas essas perguntas sempre, nessa época eu não trabalha em uma empresa ágil e ainda não tinha o conhecimento suficiente de agilidade. Bom agora a situação mudou, após ver uma empresa ágil funcionando de verdade, quero contar meu relato sobre como é estar em uma empresa ágil e também tentar te convencer do porque sua empresa deve ser ágil também.
 

Samuel Moro Bergamo Cavalcante / Caroline Wirtti
 
A idéia é apresentar um caso de insucesso, aonde o aprendemos algo em eventos, como o AgileTrends, e aplicamos sem estudar um pouco mais ou ver quais as vantagens e desvantagens dele, e pior, sem estudar o por que queremos usar esse ou aquele método. Esse caso de insucesso mudamos o fluxo do time, para fluxo puxado e sem estimativa por pontos, o que deixou o time perdido e sem direção adequada. O SM não estava entendendo os problemas que estavam ocorrendo, até participar de um Open Space no AgileBrazil, aonde entendeu melhor o que poderia estar acontecendo. Com os aprendizados e alinhamentos com a equipe, criou-se uma parceria entre PO e SM para ter novas formas de evidenciar os problemas e auxiliar o time nas entregas e a entender que: #NoEstimate não significa sair fazendo sem olhar até onde e quando. Significa que esse exercício, não seja algo doloroso para o time ou ilusório para o cliente.
 

Victor Hugo Germano
 
Quem nunca ouviu um gerente de sistemas dizendo que quer "medir a produtividade" do time? Geralmente isso começa pela medição de linhas de código por dia ou por bugs encontrados - que, francamente, não dizem absolutamente nada sobre seu time! Quer conhecer uma alternativa? Então venha ver com as Métricas Lean, aplicadas a seus times de desenvolvimento, podem ajuda-lo a coletar informações que realmente tem sentido e que podemos ajudar na melhoria do seu time e de seu processo de desenvolvimento.
16:40 às 17:30
Edson de Sousa
 
Estimar não é uma atividade fácil. A falta de alinhamento entre os envolvidos sobre valor de negócio, itens arquiteturais e a real complexidade de construção, por muitas vezes nos leva ao fracasso. O Agile Planning Board foi criado com a ideia de auxiliar times iniciantes a realizar boas reuniões de planejamento de releases e de sprints, mas com o tempo se mostrou mais do que isso. Nesta palestra será demonstrado o objetivo do Board, como utilizá-lo e serão citados exemplos reais de como o autor solucionou conflitos em empresas como Petrobras, Brasilprev, Porto Seguro, Bradesco e Serasa.
 

Elias Nogueira
 
Automação de Teste ainda é tido como um mito em muitos times ágeis. Quando feito de forma errada não traz o feedback devido em um curto prazo, além de não ajudar em nada o processo de deploy. Muitas falam hoje em Continuos Delivery, mas será que você está preparado para organizar a sua automação de teste para se beneficiar dos ganhos que ela propõe?
 

Anderson Diniz Hummel / Rafael Barbosa Camargo
 
Ao se criar uma comunidade de práticas existem dúvidas como: Qual a ferramenta? Quais as regras de boa conduta? Como fazer a moderação? Como fazer com que ela fique viva? Nesta sessão iremos contar o que aprendemos ao criar essa comunidade, que tem como meta chegar ao milésimo participante até o fim do ano.
17:40 às 18:30
MAURICIO SGANDERLA
 
Esta palestra é um relato de como em pouco mais de 1 ano conseguimos transformar o setor de desenvolvimento da cidade de Canoas ? RS. De um ambiente onde se tinha dificuldades em levantamento de requisitos, gestão do processo, qualidade técnica, dificuldades de entregas para uma mudança de entregas frequentes, cliente presente, teste unitários, testes funcionais, equipe motivada, fluxo contínuo, processo puxado e limitado, continuous integration, transparência entre outros. Você que acha impossível a adoção dos métodos ágeis em órgãos públicos devido a restrições, hierarquias, cultura e pessoas na zona de conforto ou se você está realmente curioso, venha bater um papo comigo e descobrir como estamos realizando esta transformação que já vem recebendo elogios pela gestão.
 

Juliana Spitaliere / Bruna Marcon Goss
 
Partindo do princípio de que Agile é mais do que uma série de ferramentas ou processos, mostramos um estudo de caso de como equipes de marketing podem aplicar métodos ágeis no seu cotidiano e os resultados obtidos. Iniciando com um cenário de demandas cruzadas e pouca priorização de ações, passando pela adoção do framework Scrum e da mudança de mentalidade dos integrantes, mostraremos como, quase um ano depois, aumentamos a produtividade, a qualidade e a colaboração da equipe de marketing de um grupo de empresas de tecnologia.

 

PATROCINADORES

Image
 

DIAMOND

 
 

SILVER

 
 

APOIO

 
 

REALIZAÇÃO

 
Category Technology
Organized by
  • The Developer's Conference

    O TDC é um evento incrível que reúne diversas comunidades de desenvolvedores, analistas, testers, gamers, makers e muito mais!

Please wait